Como parte da estratégia de crescimento e consolidação da sua posição de liderança no mercado bancário em Angola, o BFA implementou uma arquitectura baseada em BPM e SOA, com o objectivo de suportar todas as operações e transacções das agencias, com uma redução significativa do risco operacional e acrescida visibilidade de todos os seus processos.